13 de março de 2011

Sorrir - a paz da alma.

Gosto de rir. Gosto de ver alguém a rir. Gosto de fazer rir. Gosto que me façam rir.
Gosto de me rir até não aguentar. Gosto de fazer piadas sobre tudo e sobre nada.
Gosto de acompanhar o bom humor de alguém e de partilhar o meu.

Sou feliz, quando alguém me arranca um sorriso sincero e uma gargalhada digna de ser memorável.

Gosto de filmes que libertam sorrisos.
Brincadeiras que não me deixam sentir só.
Gosto de manhãs que soltam risos espalhados pelo chão e olhos brilhantes que reflectem a paz da alma.
Com um sorriso, nada é intacto. Tudo na vida se desfaz em pedaços alucinantes e o luar choca com a neblina.

Com um sorriso, nunca me esqueço de sonhar. Não sufoco os sonhos, nem os dias. O tempo é tão voraz quando um sorriso me vira do avesso e desfaz as certezas deste meu mundo.
O sopro de uma jura, balança o meu sorriso e contamina os meus medos.
Gosto de ser desarmada pela companhia do teu sorriso.
Tudo o que o sorriso faz em mim, ultrapassa o mundo dos sonhos; a racionalidade e a vida.
Quase nada parece bater certo, pois qualquer coisa em nós, inquieta e alivia.
Com um sorriso, é impossível que alguém se sinta sozinho; nem a noite arranca a cumplicidade que temos até amanhecer.
Fica tão fácil entregar a alma, a quem nos traga um sorriso do deserto.
O sorriso, faz-me sentir, que há sempre pequenos abrigos, para onde podemos sempre fugir.
E tudo aquilo que me podem dar, é um sorriso.

3 comentários:

dazeredo disse...

Como gostas de filmes que te façam rir e sorrir, deixo-te aqui uma sugestão ;)

http://www.youtube.com/watch?v=nBSItZ4T86I

Beijinhos!

Sandra disse...

"É mais fácil obter o que se deseja com um sorriso do que à ponta da espada."
William Shakespeare

João Lopes disse...

Obrigado pela visita B*

Vou ficar atento ao teu blog =o)

Um beijo* e...

"SÊ FELIZ!"