22 de fevereiro de 2011

Herrar é Umano


Herrar é Umano,
e só não erra quem não tem humanidade em si.
Após algum tempo de quase-ilusão, fantasia até,
entendi que muito daquilo que existe na nossa vida, é apenas força do nosso querer, fruto da imensidão da nossa imaginação movida por desejos ocultos.
Quantas vezes nos enganamos relativamente: a pessoas, sentimentos, planos, futuro, presente, passado, vozes, corações, olhares, mundo (...).
Numa primeira fase, julgamos que erramos,
posteriormente entende-se isto: faz parte, desconhecer o caminho, as pessoas e o nosso envolvimento com elas.
E no desconhecimento, temos a grave tendência a imaginar; construir princípios, meios e fins.

Sem assumir que as consequências reflectem a realidade.


As pessoas não são tão grandes quanto as construimos no nosso coração e pensamento; são apenas elas mesmas, que na maioria das vezes se limitam a passar despercebidas.
Palavras que com o tempo somem e, balançam os dias com meras conversas de circunstância. Restam os sentidos que nos obrigam a procurar respostas para as imensas dúvidas que fluem no ar. Enquanto me confundi, também eu, procurei respostas de mão em mão.

Erradamente quis um caminho que não existia e, percebo agora o quanto te colocas na insignificância.

6 comentários:

Anónimo disse...

Se a vida não tivesse sabor, seria como beber um simples copo de água.
Sendo amarga, tem sabor... e já é qualquer coisa...
A amargura de percorrer um caminho desconhecido, com altos e baixos (mais baixos que altos) traz as suas lições (conhecimento é sempre bem vindo, e ainda mais quando é sobre nós mesmos), mas não deixes que tudo isso te deixe amargurada.
Sabes que levas a tua vida o melhor que consegues e que dás o melhor de ti com quem a partilhas.
Isso basta... Sente-te orgulhosa de seres o melhor que conseguires ser, a todos os instantes. A vida pode não recompensar imediatamente, talvez até nunca, mas no fundo sabes que as coisas aconteceram sem que tu tivesses baixados os braços.

Pode ser uma mera parvoíce, mas se algum aspecto fizer sentido... talvez estes minutos tenham valido a pena.
**

B* disse...

Anónimo, (nenhuma pessoa deveria admitir ser anónima, nem na vida, nem nos comentários)
agradeço as palavras e o sentido que fizeram em mim.
A minha vida tem imenso sabor (e cor - é colorida; por vezes este sabor é diferente daquele que eu imaginava e desejo para mim, mas mesmo assim, valorizo as papilas gustativas que possuo :)
E orgulho-me imenso de mim, dos outros e da vida. Mas também me orgulho dos momentos baixos que me fazem valorizar aquilo que sou nos momentos altos ;)
Obrigado de coração pelas palavras.
Volta sempre ;)

Miss_Serendipity disse...

Olá :)!

Antes de mais, adorei o que li no teu blog, acho que tens um imenso talento para escrever...para colocar no papel tudo aquilo que sentes, e isso é um dom, parabéns :)!

Em relação à pergunta que deixaste no meu blog, há 5 anos, se calhar um pouquinho mais, andava mt gordinha, e como para além de esteticamente não ser algo com que uma mulher se sinta muito bem, também não faz nada bem à nossa saúde, então decidi arriscar...Fui a uma consulta à Natur, pesava 80kg, que era muito mais do que devia...entretanto e como estudava fora, levei umas ampolas para 15 dias, pois só vinha a casa por vezes de 2 em 2 semanas...e assim foi, cumpri tudo direitinho, levava a frutinha para a faculdade para comer entre as refeições e tudo...bebia a aguinha toda (andava sempre a caminho da casa de banho :)), mas depois desses 15 dias já tinha emagrecido 3kg...fiquei muito contente e motivada...e assim foi continuando, umas vezes emagrecia mais e outras menos mas consegui atingir o objectivo que queria...em cerca de 5meses emagreci 20kg...e nesses 5meses sempre fui aos jantares de curso, nos quais cometia alguns pecados :) mas depois continuava...agora continuo sempre com mais ou menos o mesmo peso...na altura do Natal normalmente vai sempre um kilinho a mais, mas depois tento fazer cuidado e volta tudo ao normal...gastas ainda algum dinheirinho por mês, talvez uns 70-80€ não te sei dizer já muito bem ao certo...e se gostas de papar docinhos e assim (que é o meu caso), também fazes alguns sacrificios,mas eu não me arrependo...

Não sei se ajudei alguma coisa...

Se precisares de algo é só dizeres :)

Beijinhos****

Miss_Serendipity disse...

:) vou continuar a actualizar sim...e vou seguir o teu :)

beijinho grande

Katia Cristina disse...

Temos realmente a tendência a criar uma imagem errônea das pessoas em nossa mente e nosso coração.
Não erramos, apenas cometemos equívocos.
Por isso não peço ou aceito desculpas, pois acredito que se falamos algo é pq em algum momento acreditamos nisso.

B* disse...

Não podia estar mais de acordo com as tuas palavras Katia,
Obrigado por as partilhares.